Enter your keyword

Marketing de Conteúdo é para os fortes

Compartilhe conteúdos que gosta, você é o que você lê ;)

Marketing de Conteúdo é para os fortes

Marketing de Conteúdo é para os fortes

Marketing de Conteúdo tem relação direta com investimento em informação e tráfego orgânico

Marketing de Conteúdo também não é novidade, mas sim a forma com que se usa atualmente ganhou uma importância sem precedentes no Marketing e principalmente no Marketing Digital. Ele já responsável por até 80% do faturamento de vários dos meus clientes no ramo de Hotelaria.

O prazer pelo turismo, minha vivência em vários estados brasileiros me dão certa tranquilidade de assumir a redação web dos meus clientes e escrever sobre lugares e o gosto por viajar. Saber escrever de forma com que seu site se destaque nos Resultados Orgânicos do Google é tornam a função imprescindível hoje.

Resultados Orgânicos do Google

Vamos esclarecer o que são os Resultados Orgânicos do Google antes de proceguir com o conteúdo, pois muitos ainda não diferenciaram o que é Resultado Orgânico (natural) e Resultado Pago.

Os Resultados Pagos (mais sobre ele na postagem sobre os aceleradores) eles ganham destaque na página pois são geralmente (pode variar a cada palavra-chave pesquisada) os quatro primeiros resultados e geralmente (também varia a cada palavra-chave) os 4 últimos resultados. Eles recebem uma tarja verde onde tem escrito Anúncio.

Resultados Orgânicos são os naturais, conquistados por méritos, isso significa que se seu site está posicionado na primeira página do Google e não investe em Google Adwords, é sinal que tem todos ou a maioria dos pré-requisitos exigidos pelo algorítimo do Google.

Esses pré-requisitos ou algorítimos recebem nomes periodicamente, pois são as alcunhas as vezes nada carinhosas das versões do código. Já tivemos Panda, Penguin, Pigeon, Pirate, entre outros e a cada nova atualização um objetivo direto como melhorar experiência nas buscas mobile ou diminuir pirataria de softwares.

Marketing Digital na veia

Para seu site se posicionar na primeira página do Google e se manter lá tem muito mais por trás do que apenas saber escrever bem. Claro que escrever bem fidelizará os leitores e tornará eles fãs da marca a médio longo prazo. Isso é um resultado ótimo para a manutenção das visitas e do posto.

Mas antes de manter é preciso chegar e para isso é preciso mirar nos alvos certos, é preciso mirar nos alvos menores, naqueles que poucos ou ninguém prestou atenção. Exatamente por ser tão desprezados é que esses alvos devem ser seus pontos de partida, principalmente em sites de segmentos altamente competitivos.

Definicação – alvo = palavra-chave

Como funciona o Marketing de Conteúdo na nossa cabeça

Como funciona o Marketing de Conteúdo na nossa cabeça. Clique para ampliar.

Palavras-chave são os termos usados nas buscas do Google, dessa forma não são necessariamente palavras solitárias, podem ser composições criadas pelos usuários.

Para um cliente do ramo imobiliário eu tenho que posicionar o site em palavras-chaves muito complicadas de se encaixar no texto (mesmo que isso não seja obrigatório, ajuda muito). Por exemplo: imoveis caragua litoral sp (sem acento mesmo).

Geralmente não escrevemos frases corretamente no campo de busca, deixamos o Google “se virar sozinho”.

Voltando…

A soma de boas colocações nas palavras-chaves atingidas vão melhorando e te dando maiores chances nas palavras chaves principais, aquelas que são mais concorridas e difíceis de alcançar boas posições.

Essa técnica para quem está um nível intermediário de SEO (Search Engine Optimization ou para os leigos Otimização da Engenharia de Busca) conhece pelo nome de Long Tail, ou seja, você começa o trabalho pela parte final da calda, pela parte mais fina e “fácil”. Para depois ir para parte mais grossa e competitiva.

O erro dos profissionais que estão começando ou dos sobrinhos (aquele parente sem preparo que você gastou dinheiro com ele sem retorno nenhum) é que iniciam o trabalho pela palavra-chave que define amplamente o segmento no mercado.

No vídeo abaixo você terá uma ideia legal do que estou falando, se trata de um trecho de uma aula que dou sobre segmentação e nicho para um grupo de Consultoria Coletiva do ramo de Fabricação (caseira) de Chinelos.

Vamos fazer uma troca, você assiste e deixa um comentário, fechado?